Carregando...
Carregando

Artigos

Você, valendo mais...

Você Valendo Mais...

Tenho um amigo, dentre tantos, que todo ano nós tiramos um tempo para discutir e refletir sobre o ano que passou. Fazemos isso religiosamente a cada dezembro, ocasião em que nos encontramos para as comemorações de final de ano com nossas famílias, em Uberaba-MG. O que isso tem a ver com você?

Em cada dedo vinha escrito: saúde e lazer, desenvolvimento, carreira, dinheiro e família.

Hoje encontrei esta revista em meus guardados.

Fiquei pensando: quem leu e seguiu este guia de sucesso? E aquele que leu e não seguiu? Como estariam essas pessoas? Será que conquistaram suas metas, seus objetivos? Sim, porque metas estão contidas em objetivos, aliás, elas nos leva ao mesmo, pois fazem parte do objetivo, de forma fragmentada (dia a dia, mês a mês, ano a ano).

Fiz questão de ler a revista novamente.

Vi que, graças a Deus e ao meu esforço eu estou no caminho certo, apesar dos contratempos, tão necessários ao processo de crescimento pessoal e profissional. Mas e aqueles que não conseguiram e/ou não praticaram essas condutas? Como estão agora?

Tem uma frase que diz: existe a ignorância consciente e inconsciente.

  • A primeira se refere aos resultados que não atingimos por razoes ainda desconhecidas por nós. Tudo bem, é plausível.

  • A segunda, a inconsciente, diz respeito àquele que, apesar de saber o que fazer não o faz, e os resultados são previsíveis e óbvios. Este tipo de ignorância pode ser muito sério e traumático às pessoas que passam por ela, pois, ignorar que o sucesso, a saúde, o dinheiro, a família e tantas outras coisas importantes são meros ao acaso, e que não são resultados do que sabemos e buscamos, isso sim poderia fazê-lo ser chamado de ignorante.

Bem, o que quero é apenas registrar que, em 2002, exatamente há dez anos, eu estava preocupado e buscando arquitetar meu futuro. E o futuro é agora, hoje, pois temos a oportunidade neste momento de fazer algo diferente, criativo, envolvente, e que possamos auxiliar outras pessoas também a conquistarem suas metas e objetivos.

Portanto, em 2022, não quero correr o risco de falhar pelo simples medo de tentar! Estou tentando, estou buscando, estou errando, acertando e aprendendo, enquanto também ensino muito coisa boa à alguns.

O importante é abrir a mão e ver que, em cada dedo eu tenho meu norte: SAÚDE E LAZER (qualidade de vida), DESENVOLVIMENTO (crescimento e investimento pessoal), CARREIRA (ascensão profissional), DINHEIRO (estabilidade na vida) e FAMILA (indispensável àquele que necessita prosperar).

Sucesso a todos! E um 2022 de grandes coisas conquistadas!

 

Roberto Rodrigues

Consultor, Professor e Palestrante

roberto@rrlifeconsultoria.com.br