Carregando...
Carregando

Artigos

Brasil, Eldorado para Alguns...

Brasil, Eldorado para Alguns...

 

Vejo algumas pessoas dizerem que, para vencer é preciso sair do Brasil e “tentar” a sorte lá fora.

Estamos vendo as grandes nações, antes consideradas exemplo e modelo para outros países como o nosso, precisando de recursos para salvar suas economias e evitarem calotes mundo afora. Inclusive o próprio Brasil está na mira destes necessitados para fornecer apoio financeiro.

Penso que, se qualquer cidadão se dispusesse a fazer o esforço e até certa submissão que vemos alguns fazendo noutros países para sobreviverem; no Brasil, elas seriam verdadeiras pessoas de sucesso e até referência para muitos. O fato é que, para alguns, “santo de casa não faz milagres”. É lamentável!

Aqui, aqueles se esforçam um pouco mais, estudam um pouco mais, trabalham até mais tarde e às vezes saem de seus locais de trabalho um pouco mais tarde – sem receber horas extras por isso-, geralmente se dão melhor na vida. Isso não é mera coincidência, mas sim a obviedade da lei natural das coisas, onde tudo que plantamos, colhemos.

Vejam as imensas oportunidades que tem acontecido, em todas as áreas: comércio, indústria e demais setores da economia, principalmente com o auxilio da internet. Viram o caso da Luisa, que voltou do Canadá? Ela voltou com tudo! E já recebeu várias propostas de trabalhos que certamente vão lhe reder visibilidade, popularidade e ótima remuneração. Lógico, nem todos terão essa sorte, mas o fato é que podemos ser criativos e fazer uso destas ferramentas (mídias), que fazem parte de nosso dia a dia.

Vejo oportunidades o tempo todo. Quando vamos a um restaurante, por exemplo, porque alguns garçons atendem mal e outros poucos, tão bem? Geralmente aqueles que atendem melhor costumam receber propostas para outros serviços vindos de clientes atendidos por eles. Já contratei pessoas para trabalhar em um grande banco do país desta forma. E de outras formas também, mas sempre pela observação do atendimento que recebo, do humor daquele que está me atendendo e assim por diante.

Enfim, penso que, vencer de verdade é superar as adversidades que temos de enfrentar o tempo todo, como a opinião contrária de nossos familiares, dos amigos, as atitudes negativas de nossos colegas de trabalho, a negligência de alguns clientes, etc. Mas vale muito a pena! Vencer é bom quando olhamos para trás e notamos o que já fizemos e as dificuldades que superamos.

Vencer é ser vitrine.

Para isso temos que ter uma boa historia para contar. A sociedade precisa e até paga por essas boas histórias! A atividade de consultoria geralmente nasce daí!

 

Roberto Rodrigues

Professor e Consultor